quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

RETROSPECTIVA

Nem sei por onde começar,pois estou num redemoinho de palavras e lembranças,mas vamos lá.
Ano passado aconteceram vários episódios marcantes em minha vida: fui ferida por quem eu menos imaginava, ferí pessoas que não mereciam,deixei passar oportunidades,conturbei meus pensamentos,errei.
Em meio a tudo isso Deus sempre esteve ao meu lado,mesmo nos momentos em que eu me afastava, nos momentos de solidão ele dava um jeitinho de mostrar que permanecia comigo.Sou muito grata a ele,muito mesmo!Pela minha família(meu suporte),meus amigos,tudo.
Tudo o que fiz: minhas escolhas,minhas ações me troxeram até aqui,e não me arrependo de nada,pois de tudo tirei um aprendizado que me fez crescer,me fez ter vontade de superar,não para mostrar nada a ninguém(isso é apenas uma consequência),mas para provar a mim mesma que sou capaz.
Cheguei a pensar que o Amor não existia mais,eu tentava de todas as formas me desvencilhar desta idéia,mas ela insistia em ficar.Pessoas entraram e saíram da minha vida,umas deixando cicatrizes,outras deixando feridas expostas que só o tempo poderia curar.Não entendia o porquê de tudo isso acontecer,tentava me fazer de forte quando na verdade não passava de alguém frágil.
Até que todo pragmatismo da minha vida foi quebrado atravéz de alguém que com coisas tão comuns, atitudes tão simples me mostrou que o Amor ainda existia.Ajudou a cicatrizar as feridas, me fez enxergar que tudo na vida tem o seu lado bom, acreditou em mim, me fez sorrir estonteante.
No início eu achava que ficaria frustrada, por não poder estar ao seu lado,por encontrá-lo e não poder dizer tudo que sentia, fazer tudo que desejava.Mas,como tudo na vida eu sempre acreditei que isso teria um propósito,e estava certa.Foi a história mais singela e ao mesmo tempo mais causadora que já viví até hoje,não há nada que pague as páginas construídas,e nada que apague de minha memória.
Mesmo que um dia este sentimento mude,sempre existirá aquele lugarzinho dentro de mim com o carinho armazenado.
Pra finalizar,duas perguntas e duas respostas:
Se eu pudesse definir tudo o que aprendi com apenas uma palavra,esta seria?
-Esperança.
E se algum dia nossos caminhos se cruzarem novamente?
-Eu confesso que não sei,nem vou tentar saber,pois tenho fascínio pelo inesperado!

                                                                                                              Emilly Júlien

4 comentários:

andersonqo4 disse...

*_* Lindo, Meminha !

Silvio Luiz disse...

Minha cunhada adora filosofar né'
Reflexivo seu texto :)

Leilson disse...

Todo ano que se passa, ganhamos novas experiências, simplismente axo que foi o que aconteceu contigo vendo esse texto.

Fascínio pelo inesperado, legal a frase :D

Seguindo :*

gleideanne disse...

Adoroooooo,quando ela dá essas piradas filosóficas... :p Tá muitoo bomm,amigaa!!

Postar um comentário